FIES 2019 ADITAMENTO →【APRENDA AGORA A FAZER】

Todos os alunos beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil – FIES – devem renovar o contrato semestralmente. Esse processo é chamado de aditamento, ou seja, de inclusão de novos documentos. Realizar o FIES 2019 aditamento é fundamental para a garantia do benefício.

Uma das consequências da falta de Aditamento do FIES é a perca do financiamento. Para que os alunos continuem gozando do benefício governamental é indispensável ficar de olho nos prazos e procedimentos para o aditamento.

Veja também:

Descubra agora como funciona o FIES Aditamento, os tipos de Aditamento e como fazer!

FIES 2019

O Aditamento do FIES 2019 acontece normalmente no começo de cada semestre letivo. Através do procedimento o aluno comprova que está regular nos estudos.

Normalmente o Aditamento é chamado de renovação do contrato de financiamento. Durante o período o aluno pode fazer, inclusive, alterações em seus dados cadastrais.

FIES 2019 ADITAMENTO

A responsabilidade pela realização do FIES 2019 Aditamento é da instituição particular de ensino superior. A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) de cada universidade deve abrir prazo para que o aditamento seja realizado. Normalmente ele é realizado no começo do período letivo, na época das matrículas.

Em alguns anos o prazo para o Aditamento do FIES foi prorrogado. Isso aconteceu em 2016, quando o Governo demorou para aprovar o crédito suplementar para o programa. Em todo caso, a dica é que a renovação do contrato seja feita pelo aluno assim que possível.

A falta de realização do Aditamento no prazo correto pode implicar no encerramento do financiamento. Quando isso acontece, o aluno volta automaticamente a ter que pagar as mensalidades do curso, no valor integral, para a instituição de ensino.

O prazo para o Aditamento é definido pelo MEC, mas cada universidade tem o dever de informar aos seus alunos sobre o período de Aditamento. Geralmente são afixados cartazes nos quadros de aviso e divulgadas notícias nos portais eletrônicos da instituição. Tudo para que os alunos não deixem de realizar o procedimento.

Aditamento Simplificado / Aditamento Não Simplificado

Existem duas modalidades diferentes de Aditamento do FIES:


Aditamento simplificado: É para os casos em que não é necessário realizar alterações no contrato. Se o aluno está em dias com o pagamento da parcela trimestral e não há restrição no cadastro do fiador, observa-se o Aditamento simplificado.


Aditamento não simplificado: É usado para os casos em que há necessidade de alteração no contrato. Pode ser por uma mudança cadastral, restrição no crédito do fiador, atraso nos pagamentos trimestrais ou qualquer outra pendência.

Diferente do aditamento simplificado, o não simplificado não é realizado na própria universidade. É preciso comparecer ao banco, levando uma série de documentos, entre eles:

  • Documento de identificação do fiador e do estudante;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF) do fiador e do estudante;
  • Comprovante de residência atualizado do fiador e do estudante;
  • Comprovante de rendimentos do fiador;
  • Documento de Regularidade de Matrícula – DRM do estudante.

Para saber qual dos tipos de Aditamento do FIES é mais adequado para o seu caso, entre em contato com a secretaria da sua instituição de ensino. Os profissionais que atuam na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) podem esclarecer suas dúvidas.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

FIES 2019 Aditamento

O Aditamento FIES, em sua modalidade simplificada, é realizado pela própria instituição de ensino na qual o aluno está matriculado.

Através do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES) a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) realiza a renovação do contrato, basta acesso o site através do endereço:

FIES 2019 ADITAMENTO

Pela internet o aluno pode entrar no Sistema Informatizado e conferir os seus dados. Se estiverem todos corretos, basta que o aluno aceite os termos. Se algo estiver errado o aluno deve procurar a secretaria da sua faculdade, solicitando alterações.

O prazo para que o aluno aceite o contrato, gerado pelo sistema, é de 20 dias corridos. Nesse prazo o aluno tem duas opções: aceitar os termos do Aditamento ou solicitar correções por algum erro cadastral. Após aceitar, o aluno deve comparecer ao CPSA para retirar o Documento de Regularidade de Matrícula (DRM).

Lembrando que para fazer o Aditamento do FIES não simplificado pode ser necessário comparecer a uma agência do banco em que foi feito o financiamento. Essa hipótese é para os casos em que existe alguma pendência cadastral que não possa ser resolvida diretamente pela instituição de ensino.

Saiba mais:

Como fazer o aditamento Fies 2019

Após estabelecer qual tipo de aditamento você deseja realizar, basta entrar no Portal do FIES e siga todas as orientações a seguir. Acompanhe:


Passo 01. O primeiro passo a ser dado é entrar no sisfiesaluno.mec.gov.br;


Passo 02: Ao entrar no site o aluno deverá confirmar todos os dados que constam no sistema, informando assim, dados pessoais e outros caso seja necessário.


Passo 03: No entanto, caso haja a necessidade de fazer alguma alteração, o CPSA – Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, irá entrar em contato com o aluno e, depois de feita as alterações desejadas, o processo pode ser reiniciado.


Passo 04: Caso não haja necessidade de alteração, o aluno tem até 20 dias para confirmar a renovação e retirar um novo DRM – Documento de Regularidade de Matrícula junto ao CPSA da faculdade.


Passo 05: Esse documento é necessário caso haja a solicitação pelo banco financiador da graduação.


Há outras maneiras de ter o seu financiamento cancelado, além da não realização do aditamento, no caso de irregularidades no cadastro ou em atrasos no pagamento das parcelas trimestrais do FIES.

Agora que você já sabe como fazer o FIES Aditamento, não deixe de regularizar a sua situação. Esse procedimento deve ser observado semestralmente, sob pena de perda do financiamento.

Se você é beneficiário do FIES, procure agora mesmo a secretaria do seu curso para saber quando o Aditamento ocorrerá.

Manter o pagamento trimestral em dias é fundamental para não ter problemas na hora do Aditamento. Procure saber como está a situação cadastral e financeira do seu fiador, para não ter surpresas desagradáveis. Geralmente o FIES 2019 Aditamento ocorre no começo de cada semestre letivo. Fique de olho!

Não deixe de compartilhar esse artigo com seus amigos e familiares em sua rede social para que eles possam saber a respeito sobre o Aditamento Fies 2019. Caso tenha alguma dúvida referente ao que foi dito acima deixe o seu recado agora mesmo, para que possamos esclarece-lo o mais breve possível. Boa Sorte!!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

FIES 2019 ADITAMENTO →【APRENDA AGORA A FAZER】

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *